Radiografias

Os exames radiográficos utilizam raios-X; neste, o feixe de raios-X, transmitido através do paciente, impressiona o filme radiográfico, o qual, uma vez revelado, proporciona uma imagem que permite distinguir estruturas e tecidos com propriedades diferenciadas.

Dessa forma, obtém-se imagens radiográficas que, mostram tonalidades de cor cinza bem diferenciadas; conforme a densidade da estrutura radiografada.

Nos ossos, a radiografia acusa fraturas, tumores, distúrbios de crescimento e postura, além de detectar falta de minerais nos ossos que podem causar osteoporose.

Nos pulmões, pode auxiliar no diagnóstico da pneumonia ao câncer.

Na radiografia contrastada, é possível diferenciar tecidos com características bem similares, tais como os músculos e os vasos sanguíneos, assim como diagnosticar se há presença de algum corpo estranho obstruindo o Trato Gastro Intestinal, através do uso de substâncias como o iodo ou bário.