Dicas e Comportamentos

bigstock-Happy-couple-laying-in-bed-wit-15697322Comportamento Canino

A unidade social dos cães é a matilha, para estudar o comportamento canino, pesquisas foram realizadas a partir da observação de matilhas de lobos que são criados em cativeiro, a matilha tem sido tradicionalmente observada como um grupo harmonioso composto de indivíduos que ganham uma classificação hierárquica linear, e dentro do qual existe uma intensa lealdade.
Acredita-se que os cachorros acabaram se deixando domesticar e se tornaram bem sucedidos no contato com a sociedade humana devido a sua natureza social. De acordo com esta crença tradicional, os cachorros ampliaram seus instintos sociais para incluir os seres humanos, ou seja, tornaram-se parte da matilha de seu proprietário.

Embora a maioria das pesquisas até o momento indiquem que os cachorros domesticados também agem em conformidade com uma hierarquia em torno de uma estrutura denominada Alfa-Omega-Beta, os cães domésticos, como os seus parentes selvagens ‘os lobos’, também interagem de formas complexas e hierárquicas. Traços de personalidade em cães têm sido estudados entre diferentes raças de cachorros, no intuito de compreender melhor o comportamento canino e cinco traços estreitos foram identificados entre eles. Estes traços foram descritos como: curiosidade, coragem, tendência para caçar, sociabilidade e agressividade. Também é significativo o número de cachorros que possuem o comportamento de timidez e impulsividade.

Compreendendo melhor o comportamento canino podemos agir de forma mais equilibrada com os nossos amigos de quatro patas. Independente de quão antiga é a convivência entre nós e os cachorros, muitas pessoas ainda não sabem como se relacionar corretamente com seus peludos.

fonte: http://www.blogdocachorro.com.br

Conheça o Comportamento do seu Gato

Os comportamentos dos gatos variam muito e estão associados ao temperamento de cada um. Existem no entanto determinados comportamentos/atitudes que são comuns e que tem explicações, mais ou menos fundamentadas.Não esgotando o assunto, diremos que as maiores dúvidas se encontram respostas nestas questões, a que procuramos responder com clareza.

O que representa o ronronar do gato?

O ronronar de um gato é a sua manifestação máxima de satisfação. A forma de ronronar varia de gato para gato, existem animais que fazem barulho e outros que só conseguimos sentir pela respiração, mas esta diferenças são apenas físicas e não correspondem a níveis diferenciados de satisfação.Quando o seu gatinho ronronar, delicie-se e continue a fazer-lhe festinhas, ele agradece e sabemos que você também.Há excepções e pode também acontecer que o gato ronrone em momentos de dor.

O que significam as turrinhas e o roçar nas pernas?

Os gatos quando passam deliberadamente com o corpo pelas pernas do dono estão a libertas odores, só perceptíveis pelos outros gatos, que indicam que você lhe pertence. Evidentemente que representa que gosta tanto de si que anuncia a sua pertença a todos os outros gatos que possam existir nas redondezas, mesmo que não existam outros gatos na casa.As turrinhas são uma forma meiga do gatinho chamar a atenção e normalmente significam que nos estão a pedir atenção e uma boa dose de mimos.

Quando o gato faz um barulho estranho que parecem umas castanholas o que devo fazer?

Os gatos por vezes tem comportamentos que nos deixam espantados e que podem deixar um dono desprevenido em grande aflição, por não saber o que está a acontecer. Assim, quando ele se põe a olhar fixamente para um pássaro que está na janela e se produz uns barulhos estranhos, quase de aflição, um barulho feito com dentes e que parecem o bater de castanholas, não se assuste que nada de grave se está a passar.Não deve ficar assustado, é uma atitude normal e deve estar relacionado com o instinto de caça sempre presente nos nossos amigos felinos, mesmo que nunca tenham caçado nada na vida.Verá que quando o pássaro sair deixa de existir a manifestação e tudo volta ao normal.

O meu gato faz xixi pela casa, este comportamento é normal?

Os gatos são animais que marcam o território, sendo a urina a forma mais forte de o fazer, apesar de existirem outros métodos menos perceptíveis pelo dono, tais como a libertação de odor ao fazerem turrinhas ou mesmo quando se esfregam no dono ou em objectos da casa.A marcação do território existe quando a fêmea está com o cio, quando os gatos não estão castrados ou então mesmo castrados estão exposto a uma fêmea com cio, e quando existem muitos gatos num mesmo local.Portanto, a marcação do território através da urina manifesta-se quer nos gatos quer nas gatas, apesar de ser mais comum nos gatos, mas desaparece, para ambos, após a castração. (ver tópico especifico sobre as vantagens da castração)

Os gatos podem ser agressivos sem qualquer razão aparente?

Os gatos não são animais agressivos e só atacam quando estão realmente em muitos apuros e não podem fugir para nem lugar seguro. A atitude normal de um gato que se sente ameaçado é esconder-se do perigo e não responder com uma ameaça.Significa, portanto que para que o seu gato seja agressivo, situação muito perigosa para os outros gatos, cães ou mesmo humanos, é necessário existir muita tensão e acima de tudo é necessário que o gato esteja completamente encurralado.Em situações normais as agressões que observamos, por exemplo com os outros gatos de casa, são pequenas e não trazem consequências de maior.

fonte: http://www.uniaozoofila.org