Por que a língua do gato é áspera?

Cachorro Agitado: O que fazer?
4 de março de 2016
Cães de rua viram “gandulas” nos jogos do Aberto do Brasil de tênis
7 de março de 2016

Por que a língua do gato é áspera?

A língua do gato é áspera, e quem já levou uma lambida de gato sabe bem disso. Mas por que a língua do gato tem esse aspecto de lixa? Confira abaixo.

Por que a língua do gato é áspera?

Os felinos são animais que prezam muito por sua limpeza. Por isso, com a evolução da espécie, “espinhos” começaram a surgir em suas línguas para auxiliar na autolimpeza. Ou seja, os gatos são tão vaidosos que já nascem com um pente para poderem se limpar e, dessa forma, estarem limpos.

A função da língua é de principalmente captar alimento e água, além da sensibilidade gustativa. Porém, os felinos são os únicos que possuem espinhos (também conhecidos como cerdas) compostos por queratina, que funcionam como uma escova em seu corpo.

“Espinhos” característicos da língua do gato

“Espinhos” característicos da língua do gato

Os espinhos da língua do gato

Estes espinhos, ou espículas, têm a função de ajudar na autolimpeza dos gatos, ajudando a eliminar os “pelos mortos” que ficam escondidos na pelagem. Estes pelos então são engolidos, fazendo com que os gatos vomitem as famosas “bolas de pelos”. No entanto, nem todos os gatos vomitam bolas de pelo. Nesse caso, esses pelos serão eliminados naturalmente pelas fezes.

Os gatos têm o hábito diário de autolimpeza, geralmente não sendo necessário o banho usual com água e sabão – diferentemente dos cães. Gatos se estressam facilmente, podendo o banho com água trazer consequências desastrosas para sua saúde. Por isso, se o seu gato não sai de casa, não é necessário submetê-lo a esta situação de estresse, uma vez que sua língua já é suficiente. No entanto, uma boa saída pode ser o banho a seco, produto que perfuma e deixa os pelos do bichinho mais macios.

Funções da língua do gato

A língua ainda atua como controle de temperatura, porém não é comum observarmos gatos com língua para fora como os cachorros. Essa situação está mais associada ao estresse nos felinos.

Eles também utilizam a língua para captar a água, diferentemente dos seres humanos e outros animais que utilizam os lábios. Na hora de se hidratarem, a ponta da língua fica em formato côncavo para conduzir a água para a boca.

É na ponta da língua que também são encontradas as papilas gustativas. Gatos são muito exigentes quanto ao paladar e são atraídos por comidas salgadas, já que não sentem o gosto doce. Isso porque sua língua não possui papilas gustativas que identificam o sabor doce, portanto, não é necessário suplementar a ração com frutas e demais alimentos com sabor doce. Quer agradar o seu bichano com uma comidinha diferente? Eles adoram sachês próprios para gatos que, além de serem extremamente deliciosos para eles, ainda têm um teor alto de água, aumentando sua ingestão hídrica.

 

Os comentários estão encerrados.